Aeroporto de Londres demite irmã de terrorista de posto de segurança

Aeroporto de Londres demite irmã de terrorista de posto de segurança

A irmã de Khuram Butt, um dos terroristas que deixaram oito mortos na região da London Bridge há um mês, foi demitida do aeroporto de Heathrow, o principal da capital britânica. Uma fonte contou ao jornal “Mirror” que a administração do terminal abriu uma investigação com os serviços de segurança sobre Haleema Butt, de 28 anos, funcionária contratada dois meses antes do ataque. Ela estava suspensa desde a revelação da identidade dos extremistas.

O marido de Haleema, Usman Darr, também foi suspenso do trabalho no aeroporto. Não há, no entanto, segundo o diário britânico, qualquer indício que o casal tenha se radicalizado ou soubesse do plano de ataque realizado pelo parente.

Khuram Butt, de 27 anos, estava no radar das forças antiterroristas do país e até participou de um documentário sobre os extremistas ligados ao Estado Islâmico no Reino Unido. Sua irmã Haleema conseguiu um emprego no setor de segurança de Heathrow dois meses antes do atentado. Abordada perto de casa, ela se recusou a falar sobre a demissão.

Segundo o “Mirror”, a vida dos parentes do terrorista “virou de cabeça para baixo” a partir das ações violentas de Butt. Um porta-voz do aeroporto informou que Heathrow “tomou a ação apropriada”, em cooperação com as autoridades.

A atitude da administração do aeroporto acompanha o apelo de medidas mais duras contra o terrorismo, como rígidas checagens de antecedentes, movido pela comoção e pelo desespero de um país em alerta. Especialistas ressaltaram ao jornal que não é possível sugerir um conchavo da irmã com o extremista — mas o processo se justifica dado o histórico de alguns parentes serem cúmplices dos terroristas em casos passados.

Via Jornal O Globo

About Nossa Londres

Notícias, Magazine; Publicidade - Londres UK